12 de jun de 2008

Escrevendo


Escrevendo a gente inventa.
Inventa um romance,
uma saudade,
uma mentira...
Escrevendo a gente faz história.
História de amor
Foi observando que eu aprendi a escrever:
sem nenhum pudor, sem pecado.
Minha letras não têm juízo
Escrevo pra espantar os demônios,
pra cativar os amigos,
pra esquecer os inimigos
Pra sentir o mundo,
pra seduzir a vida,
*** *** ***
pra conquistar amores
Nas letras enxergo minha alma
Me aproximo de outras almas
Escrevendo sou feliz,
faço feliz
fico próxima.
Quando escrevo sou gente
O texto é a minha porção Deus
Só aí ele existe,
O céu é uma página...

Adaptação texto flme Cazuza

Nenhum comentário: