10 de dez de 2009

Ovo e a Galinha - Homenagem


Viver leva à morte.
Pois parece que viver não existe.
Sobreviver é a salvação
Sobreviver chama-se manter luta contra a vida que é mortal.
Não tem senso da realidade
“sei que o erro está em mim mesma”
“não sei mais o que sinto”,
chama de erro a sua vida
só tem mesmo é vida interior.
olha o horizonte
Está sempre inutilmente a par.
a sua vida pessoal não nos interessa.
optou por querer ser “feliz”
e se consumiu lentamente na revolta,
ele não compreendera que ser leal não é coisa limpa,
ser leal é ser desleal para com todo o resto.
Tudo o que é erro meu tem sido aproveitado.
Abuso de confiança?
Mas durmo o sono dos justos
é exigido de mim inclusive que eu durma como um justo.
eu ser apenas um meio, e não um fim,
Nem meu espelho reflete mais um rosto que seja meu.
com a mais absoluta falta de amor; sou apenas preciosa
Quando eu era antiga fui calculado,
fruto da mais penosa espontaneidade.

adaptação livre e idiota do conto O Ovo e a Galinha de Clarice Lispector
Meu profile de novembro/dezembro no Orkut

Um comentário:

jefhcardoso disse...

Olá! Com licença; deixe que me apresente: sou Jeferson, um homem comum que gosta de escrever. Quando tenho um tempo saio vadio em visitas a blogs, seguindo a seta que aparece no auto da pagina inicial (próximo blog>>). Posso afirmar que é uma experiência “deliciante”.
Cada vez gosto mais da Clarice.
Quando encontro um blog bem legal eu posto um comentário e deixo o convite para que conheçam o http:jefhcardoso.blogspot.com/ . Pela proposta de seu blog creio que poderá encontrar algo em minha sessão em preto e branco, que data de novembro.

Parabéns por seu blog e desculpe a intromissão.
Abraço: Jefhcardoso.