4 de abr de 2008

FADAS



As fadas … eu acredito nelas!
Umas são moças e belas,
Outras velhas de pasmar …
Umas vivem nos rochedos

Outras pelos arvoredos,
Outras, à beira do mar…
Umas têm mando nos ares;
Outras, na terra, nos mares;

E todas trazem na mão
Aquela vara formosa,
A vara maravilhosa,
A varinha de condão.

Quantas vezes, já deitado,
Mas sem sono, inda acordado,
Me ponho a considerar.

Que condão eu pediria,
Se uma fada, um belo dia,
Me quisesse a mim fadar…

by Antero de Quental

Nenhum comentário: