14 de nov de 2008

Conhecer Isabela Capeto foi encontrar a minha fada madrinha e não ter tido voz pra fazer um pedido. E as pessoas hoje me comentam sobre sua figura extremamente simpatica e eu penso naquele vestido de princesa e naquele colar de cavalinho... Um sorriso franco e ela transmitia uma enrgia verdadeira de quem estava satisfeita em estar ali.
Isabela não é uma estilista, é uma artista, mas pra mim é mais que isso, ela uma fada que saiu das páginas de uma revista com fotos coloridas de sonhos que eu admirava sem jamais comprar.
Que importa?
Tudo lindo a colorir meus olhos e sonhos que enfeitam o meu coração, que feliz batia por ter assim, esses sonhos coloridos de origem conhecida e o destinho certo de enfeitar a minha alma. Sonhos não se compram e sei que o melhor é que não se realizem, pois que deixam d existir...
E hoje eu passei a chama do sonhar pra outros que agora me vem como pessoa que realizou numa noite seu conto de fadas.
É desagradável acordar, e não poder voltar.
Assim, jamais falarei com Isabela de novo e voltarei às revistas e suas fotos de artigos multicores e aquela foto abraçada ao idolo será sempre só uma enevoad lembrança de um sonho daqueles que voltamos pra cama correndo pra não perdê-lo.

Nenhum comentário: