8 de fev de 2009

Simplificando relacionamentos

Oração da Gestalt

“Eu sou eu. Você é você. Eu faço as minhas coisas e você faz as suas. Eu não vim a este mundo para viver de acordo com as suas expectativas e você não veio para viver de acordo com as minhas. Se por acaso nos encontrarmos, será lindo. Se não, nada há a fazer.”Coloque suas sugestões para ter uma vida melhor e com mais qualidade através da simplificação voluntária.

"A simplicidade é a mãe da perfeição".

Diz-me Arnold:
Você é responsável por seus atos e conseqüências, queira ou não.

Respondo para ele:
Então o melhor é querer! Vai doer menos e nos concentramos mais e isso é a melhor coisa da vida!

Responsabilidade, verdade e consequencia são coisas exrtremamente positivas, verdadeiras ferramentas de esculpir um ser e torná-lo melhor, mais bonito, obra de arte!

Entendo que o ser humano é tão receoso de encarar suas responsabilidades e consequencias dos seus atos, que o mundo ocidental se basea nessa coisa religiosa de que Cristo viveu morreu por dos nossos pecado...(nem adianta religiosos tentarem fazer desta frase uma polêmica comigo porque ela é apenas ilustrativa. Sim, eu tenho uma religião, não quero o reino da salvação baratinho por um comportamento padrão e plavras-chavões. Não tô a fim de ser uma ovelha branquinha comportadinha como se o céu fosse comprado a prazo ou através de investimentos no plano de previdencia divina!

A frase do tópico é perfeita, mas a vida não é feita de coisas perfeitas simplesmente porque não somos. Os sonhos de consumo existem como quadros na parede do nosso viver a fim de enfeitá-lo e em alguns casos, desafiá-lo, vai da nossa "qualidade" quais priorizar ou deixá-los eternamente como sonhos que nos alimente ou nos enlouqueça...

Cuidar de alguém não implica influenciar e levar este alguém a agir como um marionete! Acho que esse é outro equívoco da humanidade, cobrir com as aspas do amor o que na verdade nada tem a ver com ele...

Não é preciso ficar distante, isento, neutro e se encontrar só de vez em quando (entendenda-se aqui como encontro, não apenas mas também, a aproximação física) para se ter tranquilidade emocional e viver com intensidade uma relação. Acho que neste caso, se o meu par não estiver em dia com a terapia, eu terei outros tipos de responsabilidades com as consequencias decorrentes...

Enfim, essa frase é bacana no aspecto de: Hei! desencane e não permita que o seu ciume, insegurança e afins encha o saco do outro!
Olha aqui o que você deve tentar ser mas... Sem tanta frieza! O grau de ajuste é uma sintonia fina que você deve procurar nas entrelinhas, porque seguir isso ao pé da letra é isolar-se por medo das consequencias dos problemas do outro numa relação que é de mais de um sempre e esse 1 a mais também tem problemas... Cada um prum lado cuidando dos seus problemas encontrando de vez em quando não é um relacionamento a dois, nem é o que se espera de um amigo, mas a frase fala para que não se tenha expectativa, pois, teremos o que então?

Nossos problemas nada têm a ver com o outro, mas nem por isso vamos nos isentar a ponto de ter nas minhas relações somente as coisas boas de outrem e ficar only com os momentos felizes... Até porque frase de efeito por frase de efeito sou mais aquelas dos estilo: na hora boa (ou vá lá, que seja, na hora má) é que conhecemos os amigos... Então conhecemos os amigos, descobrimos os inimigos e percebemos os nada a ver...


Tópico em discussão na Comunidade Harem Social Clube.

Um comentário:

lella disse...

O Blogpost é legal por deixar fazer mais inovações. Ficou show os slides com as fotos!

Beijão,