21 de mar de 2009

MEDO DE VOCÊ


Quando encontrei você,
me achei e me perdi de mim.
Tudo era tão diferente e tudo era tão igual.
Você linda, grande, arrumada pintada
onde começava a sensualidade,
onde terminava a sua delícia?
Impossível saber...
Não combinamos.
Éramos extase e admiração.
Você trouxe de mim coisas
que eu buscava e pensava não ter.
A minha cabeça aprendeu que ser feliz
era um sonho buscado de dia
encontrado à noite
Perdido pela manhã ao despertar.
São tantos os sonhos e quereres de um ser de uma grande cidade!
Eu tinha sim, os sonhos que eu precisava,
os sonhos que eram necessários ter.
A vida por aqui é uma busca constante,
uma dor permanente com muitas faces
Impossíveis de se conhecer...
eu não conseguia ser feliz com o que tinha...
Por que?
Se sou feliz com o que tenho
dizem-me que sou acomodado.
Se busco sempre mais,
falam-me que isso é ambição.
Se desejo sucesso profissional,
a família reclama
se dou atenção à família,
me dizem que preciso cuidar de mim.

A vida é muita coisa pra um a pessoa só!
O tempo pequeno pra quem tem um ritmo assim.
Não é possível estar na estrada, dirigir e apreciar a paisagem.
Não é permitido caminhar a pé.
Não consigo ver somente o que os olhos alcançam
Quando se dá atenção ao que se vê
perguntam se vimos o que há do lado de lá...
Não sou perfeito,
não enxergo direito,
não tenho a cara que sonhei pra mim.
Minha inteligência careceu de oportunidades
Acho que aumentei pouco o quinhão que a vida me deu.
Parece que chego sempre atrasado,
parece que vivo num tempo errado.
Às vezes morro de pena de mim...

Quando conheci você percebi que precisava ser forte.
Precisava ter força pra te abraçar,
precisava ser belo e tinha que ter um tanto de admiração.
Tinha que te olhar como sapo que namora a lua,
Tinha que ser estrela e chão pra você pisar.
Quando eu encontrei você, foi sexo
Depois uma louca vontade de ficar.
Você ressalta meus defeitos
mas me faz melhorar.

Minha irmã do meio me contava histórias
Elas diziam que no final todos são felizes pra sempre,
mas nunca contou como era depois do final.
Eu cresci meio sem saber o que era felicidade.
Só sabia que haveria um final feliz
Se era feliz, porque então o final?

Às vezes você é tão rasa
meu querer saber e conhecer me parece um fardo.
Você diz que a vida é diversão eu também acho,
mas até chegar ao divertido, há um longo caminho
pelo menos 30 dias de ralação de horário certo.
Você ama as coisas que eu acredito,
mas você não quer ver construção,
a obra pronta é o que mais te atrai
e eu aqui eternamente construindo.
O que levo tempos a erguer,
seus olhos engolem num segundo
Você não perde tempo em exposição
O ingresso num quadro é mais importante
que o comentário do fato
A importância do artista, vale mais que sua arte
E o meu reino fica muito pobre sem a sua admiração.
É o tempo de um sorriso,
Mas é esse sorriso que me ilumina
Acende toda a minha vida.
Com ele consigo olhar para trás e ver que valeu a pena.
Ai, eu sou um louco desajeitado e você é uma louca jeitosinha!
Eu me jogo por aí e você caminha.
Suas ruas são passarelas
O que faço com você?
Você me ensinou tanto!
Hoje eu sei que pra ser feliz não basta ser eu mesmo.
Hoje eu sei que o amor dói.
Aprendi que um amor é grande,
tanto quanto for complicado fazê-lo crescer.
Sim, o amor é maria-sem-vergonha
nasce somente, pois que é semente,
mas há que cultivar.
Nâo vejo você com as mão na terra,
Teu corpo só ara a paixão
Teu espírito precisa de sedução.
As flores existem pra você admirar.
O mundo é segmentado,
nem todos que plantam são os que comem...
Nem todos que aram são os que colhem!
Nem sempre o melhor vence...
Os sonhos não duram, realidade não corresponde.
às vezes te odeio,
só um segundo depois amo igual e esqueço a dor.
Às vezes eu choro,
quase sempre tenho medo
Eu não sei se é de você ou de te perder.
Eu já passei por tantas perdas, que acho que temo você.

120308

Nenhum comentário: