27 de nov de 2011

nota sem escândalo

‎"Eu fui matando os meus heróis aos poucos
Como se já não tivesse nenhuma lição pra aprender".




Tenho aprendido com as pessoas, muito mais pelo que elas não me fazem, não me dão.
Tenho aprendido sobre as pessoas muito mais pelas suas justificativas  e eufemismo do que pela realidade e sinceridade das suas palavras.
Justamente nas suas incompreensões acerca de mim e minha humanidade, que mais tenho compreendido as pessoas... O que não significa que aceito o que não compreendo...
Sempre vem à tona aquela amizade equivocada. Difícil camuflar a insatisfação dos que nos percebem difíceis de manipular. 
Não deixa de ser duro saber que no fundo, no fundo, aquele amigo só queria servir-se de nós.
Mas eu creio que a amizade na maioria das vezes prescinde de um bom interesse em comum.
Continuo acreditando na qualidade em detrimento da quantidade.

Ainda encontrarei um amigo que olhe na mesma direção que eu, para o qual eu tenha um prazo de validade mais estendido...

Nenhum comentário: