3 de abr de 2008

GUARDIÃ da FONTE



SAIU DA MOEDA, PLANTOU-SE À BEIRA DO LAGO
ENCONTRO AO ACASO, INESPERADO
TESA, HIRTA, IMÓVEL-UM SORRISO EU TRAGO
SEU SORRISO EMPEDRADO
SEU OLHAR NO HORIZONTE,
EM SÉCULOS DE ESPERA,
SUA BELEZA ADOÇA A FONTE.
ALTIVA, CULTIVA EM SEUS CABELOS A HERA...
GUARDA SEGREDOS, GUARDA O QUE PODE VER
GUARDA OS MEDOS, O MUSGO DE QUEM NÃO VIVE
A CERTEZA DE QUE É O QUE PODE SER
FAZ-ME GOSTAR DE TUDO O QUE EU TIVE

SAIU DA MOEDA E VEIO PASSEAR COMIGO
OLHAR NO HORIZONTE, SORRISO EMPEDRADO
HÁ SÉCULOS ESPERANDO ALTIVA, CABELOS DE HERA..
NADA MAIS IMPORTA, ESTOU AQUI, DEIXE DE LADO
ESSE MUSGO DE QUEM VIVE APENAS ESPERA
Fotos: Rozzi Brasil

Nenhum comentário: