28 de jan de 2010

O Tiro

Um tiro certeiro
Que deságue em agonia
Que desabe o corpo inteiro
O caos da noite na dor de dia
Que renda à vida, alguma generosidade
Nesse viver de dor que a alegria espreita
da morte apenas espasmo e liberdade!
É apenas um tiro, você morre, aceita?

"Que esse alvo seja perfeito,
um colírio para o desejo,
um antiácido para o coração,
e que não seja um simples tiro,
mas um tiro certeiro na alma!"

Rozzi Brasil e Mariane

Nenhum comentário: