9 de fev de 2010



Às vezes as coisas caem do céu, feito chuva.
Às vezes caem do alto feito um vaso de flores,
Um dia a gente recebe uma conta muito além das expectativas
No outro ganha algo, que desistimos de sonhar 
pra não acalentar o impossível supérfluo...
E nada muda a nossa vida senão o nosso próprio pensamento
Nada colore nossos dias se não o nosso próprio sentimento.

Assim chegou às minhas mãos um I Phone.

Nenhum comentário: