15 de set de 2010

Brasília (Lá e Aqui)


Chegando de Brasília...
Eu achava que Brasília era um punhado de esculturas, duas bacias e dois edifícios mais algumas coisas que aparecem nos cartões postais...
Não havia me ocorrido Brasília como cidade onde as pessoas vivem, se movimentam, vivem... Nunca pensei como elas se divertem, se são tristes, felizes, infelizes coisas assim
É, Brasília nunca me ocorreu como uma cidade, mas um cenário.
Talvez seja culpa dos noticiários que da cidade só mostram os fatos políticos tendo ao fundo sempre a Praça Três Poderes...
Consegui fazer uns passeios pelos pontos turísticos, entender o que são as Super Quadras e as Quadras, as asas Norte e Sul. Mas, sei lá porque, algo me diz que  pra conhecer Brasília eu deveria ter ido em alguma cidade satélite...
Deve ser lá que a alma dessa cidade se esconde.
Deve ser lá que as pessoas, de verdade vivem, pois por onde estive as pessoas apenas moram.
Senti falta de gente nas ruas.
Senti falta de tomar um ônibus. Vi poucos...
Não consegui andar de metrô...
Se o grande amor da minha vida tivesse ido morar em Brasília, nós provavelmente não  teríamos nos encontrado.
Eu não teria esta cor...

Encontre logo a sua alma gêmea, se ela for para Brasília, há o risco  de a perder talvez para sempre...
Cidade estranha, mas de tão lindos desenhos, principalmente se vista do alto da Antena.
Todos os habitantes que encontrei me disseram que lá não se pode viver sem um carro
E eu que vivo aqui, vendi meu carro pra viver...
Não conheci nenhum nativo,de todos que  conheci inguém nasceu lá.
Pareceu-me que a cidade não é casa. Senti que lá não se habita, todos são hóspedes? Gostei do clima: um calor intenso, um céu azul anil mais claro que aqui e vento incessante.
Gostei das terras vermelhas a me lembrar as oferendas de Ogum.
Me deu uma vontade de mergulhar naquele Paranoá! Mas o lago estava assim também  lindo e vazio...

Um comentário:

Michelle disse...

Não poderia ter descrito melhor tal lugar... suas palavras me fazem enxergar tudo que lá conheci... cada vez que vou para lá, me lembro de casa e me dá saudade do calor humano, da minha família, dos meus amigos e é lógico das nossas praias maravilhosas, hehe... Mas apesar de tudo realmente é um lindo lugar que vale a pena conhecer e guardar na memória como um verdadeiro cartão postal!! =) bjussss